Recital de Espineta e Violão

O Projeto Recital de Espineta e Violão é uma proposta na área de música, que oferece como produto um vídeo de expressão artística para lançamento ao vivo, com conteúdo filmado em alta definição e captado em quatro canais, com duração superior a  30 minutos. Trata-se da produção de um recital de espineta e violão com Dr. Carlo Arruda e Me. Christhian Beschizza, professores do Conservatório Estadual de Música da cidade de Uberaba e da  Escola de Arte e Cultura de Uberaba.

 

 Em visita à Igreja Santa Rita (1896), gravaremos recitais com obras-primas do repertório contrapontístico da música barroca. Reverberamos nossas transcrições autorais para violão e cravo nesse monumento arquitetônico representativo da história de Uberaba.

 

O objetivo central da produção é dar continuidade e aprofundamento na cultura histórica da música antiga no imaginário uberabense, mineiro e nacional, com contrapontos barrocos ressoando na Igreja Santa Rita, um templo histórico da cidade de Uberaba.

Como objetivos secundários, desejamos:

Estimular os alunos de música na apreciação e estudo do repertório erudito,

promover e difundir a performance de música antiga,

contribuir à cultura e educação musical histórica da comunidade em geral,

integrar e associar a arquitetura da igreja representativa da história local à música barroca no imaginário da população.

Todas as transcrições preparadas para o recital foram realizadas pelos intérpretes. Sendo obras de domínio público, as obras trabalhadas serão editoradas como um livro de repertório com partituras e tablaturas para cravo e violão. A publicação virtual do repertório irá servir para os estudos de professores e alunos técnicos do conservatório, além de atender a vasta comunidade da música antiga através da disponibilização gratuita desse conteúdo na internet.

Público e Divulgação

O recital será divulgado, tanto integralmente quanto com recortes em cada uma das peças, no site do estúdio de produção e no canal do YouTube do proponente, com impulsionamento comissionado junto às redes sociais, atingindo um número de beneficiários de mais de 20 mil pessoas à longo prazo.

 

O público alvo é a comunidade de alunos, professores e famílias que envolve o Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi e a  Escola de Arte e Cultura de Uberaba, além de toda comunidade virtual que já seguem nossos trabalhos artísticos, mas também àqueles que passarão a conhecê-lo através desta iniciativa.

Essa produção irá situar o objeto cultural representativo da linguagem universal da música erudita nas esferas digitais da internet, garantindo livremente a democratização do acesso ao produto.

Repertório

 

I. Toccata Arpeggiata (J. H. Kapsberger)

II. Les Barricades Mysteriéuses (François Couperin)

III. When I am Laid in Earth (Henry Purcell)
IV. A New Ground (Henry Purcell)

V. Chaconne "Two in One upon a Ground" (Henry Purcell)

VI. Sonata k.208 (Domenico Scarlatti)

VII. Sonata k.11 (Domenico Scarlatti)

VIII. Gigue En Rondeau (Jean Philippe Rameau)

IX. Courante HWV 441 (G. F. Handel)

Release do Proponente

Carlo Arruda é um cravista brasileiro que desenvolve sua carreira com bastante entusiasmo. Professor de teclas no Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi e da Escola de Arte e Cultura de Uberaba. Seus estudos envolvendo Música Brasileira para Cravo nos séculos XX e XXI resultaram em seu grau de Mestre pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e em seu título de Doutor pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Desde 2013 seus trabalhos acadêmicos foram publicados na Europa por intermédio da Sociedade Portuguesa de Investigação em Música, sempre representando a música brasileira para cravo em suas comunicações. Como intérprete, Carlo Arruda também tocou em diversos Masterclasses com professores importantes das principais instituições do mundo. Nomes como Nicolau de Figueiredo (Schola Cantorum, Paris Conservatoire), Elizabeth Wright (Indiana University), Jacques Ogg (Koninklijk Conservatorium), Peter Sykes (Boston University, Julliard University), Ilton Wjunisky (Claude Debussy Conservatoire), Claudio Ribeiro (Koninklijk Conservatorium), James Johnstone (Guildhall School of Music, and Trinity College of Music), Luca Guglielmi (Orchestra Sinfonica Nazionale di Torino della RAI) além do estimado músico Sigiswald Kujiken.

Justificativa

A grande propagação da informação multimídia pela internet tende a ser mal aproveitada pela população geral. A disseminação de canções superficiais, de estética e valores questionáveis, perfaz o imaginário de nossos pupilos – o que nem sempre é supervisionado pela família, que na maioria das vezes não se familiarizou com um repertório diferente do proposto pela indústria cultural midiática. Cabe aos educadores musicais cultos a devida orientação sobre a natureza da música, uma arte presente na história dos seres humanos, abastecendo a cognição dos ouvintes com reflexões sobre as propriedades expressivas da música erudita e favorecendo um contato íntimo com sua história.

Valorizando a contemplação da música instrumental histórica

Em uma cultura obcecada pelo consumo de objetos culturais transitórios, principalmente os de baixo nível de elaboração técnica ou riqueza composicional, o valor da performance artística tende a tornar-se apenas um entretenimento distrativo. Ouvir a música histórica interpretada pelos professores em um cenário elevado pode significar uma experiência profundamente educativa, historicamente consciente, esteticamente reflexiva e até mesmo terapêutica para a mente dos ouvintes.​

Produção

O produto final terá mais de 30 minutos de duração, e os intérpretes também vão comentar brevemente as músicas durante o programa completo do recital que será transmitido em formato de Live.

Temos acesso a todos os recursos de gravação audiovisual profissionais, tais como câmera DLSR, iluminação LED e gravação em 4 canais qualidade 48kHz. Será contratado um operador como assistente de produção e editor de vídeo.

O projeto é executado pela Fundação Alimento dos Deuses, um estúdio de produção de conteúdo para internet sob direção do Prof. Christhian Beschizza, mestre em revisão crítica de repertório violonístico pela Universidade Federal de Uberlândia e autor de diversos livros de repertório histórico com editoração de tablaturas para instrumentos de cordas dedilhadas. Nosso portfólio está disponível no site: www.alimentodosdeuses.com/producoes

Início

Fundação Alimento dos Deuses

Estúdio de Produção Musical

CNPJ 32.616.693/0001-38

Uberlândia e Uberaba/MG

2016-2020©