Contemplando a Transcendência:
हूँ  Mantras Tibetanos आः

O Budismo assume a postura que a natureza de tudo em seu máximo estado de relaxamento é a união abençoada da sabedoria e compaixão. Isso é simbolizado na prática tântrica tibetana na união das energias masculina e feminina. Neste estado, reside nossa pura consciência. Mantra é seu som.

Dessa forma, recitar um mantra enquanto concentrando-se em seu significado serve como um mecanismo para estimular os sentimentos que relaxam o corpo e a mente. Isso permite a consciência plena. Para moldar e dar substância para essa consciência, visualiza-se como uma deidade tântrica, uma metáfora para nossa própria natureza búdica. Como a palavra 'mantra' sugere, se torna uma tecnologia - ou ferramenta - que une e integra a mente. Acredita-se que o poder que então se gera nesta afirmação concentrada penetra através das visões impuras de autopercepção, que é considerada como a raiz de todo sofrimento. Quando isso não é reconhecido, como geralmente é ocaso, o fluxo de energia dentro de nossos chakras se torna poluído e congestionado. Isso se manifesta em sintomas de desordem física e psicológica. Os oito mantras deste disco nos permitem liberar todos os pensamentos negativos e adereçar problemas específicos que habitualmente obscurecem nossa pureza primordial.

 

1. INVOCAÇÃO

O som clássico dos Monges Gyuto nos convida a abrir-nos nossos corações para os outros em preparação para recitar os mantras. Esta invocação estabelece a intenção e a motivação.

2. COMPAIXÃO

OM MANI PADME HUM 

Saudações à Jóia no Lótus. Nosso potencial é cultivado através de confiança que o sofrimento dos outros pode ser erradicado. Isso produz resiliente auto-confiança e beleza interna.

3. PURIFICAÇÃO

OM BENZA SATTO HUNG

Que é a versão curta do mantra de 100 sílabas recitado pelos monges: 

OM BENZA SATVO SA MA YA MA NU PALA YA BHENZA SATTO TENO PA TISHTHA DRIDHO ME BHAWA SUTOKHAYO ME BHAWA SUPOKHAYO ME BHAWA ANURAKTO ME BHAWA SARVA SIDDHI ME PRAYACCHA SARVA KARMA SUTSA ME TSITTAM SHREYANG KURU HUNG HA HA HA HA HO BHAGWAN SARVA TATHAGATA BENZA MA ME MUCCHA BHENZE BHAWA MAHA SAMAYASATTVA AH HUNG PHET. 

Buda da purificação dentro de mim, incorporando todos os budas, por favor proteja minha resolução para a purificação de todo o meu karma e sempre conceda-me  a habilidade de fazer da minha mente virtuosa, boa, auspiciosa e imensuravelmente amorosa com uma força indestrutível como um diamante.

Apesar de nosso potencial permanecer obscuro nas trevas da negatividade, isso não precisa ser permanente. Esse mantra ajuda a transmutar o karma negativo criado no decorrer de muitas vidas.

4. BUDDHA 

OM MUNI MUNI MAHA MUNI SO HA 

Para o professor, professor, o grande professor, eu presto homenagem. Shakyamuni, o buda histórico que distingue-se como o professor que paira na tradição, ilustra o ponto que sem um bom professor no começo, não pode se atingir sucesso no treinamento espiritual. Recitar esse mantra ajuda então a encontrar um bom professor que nos encaminhe na direção de claridade de mente e, por fim, a descoberta de nossa própria consciência pura, que é o real guru.

5. PERFEIÇÃO

TEYATA GATE GATE PARAGATE PARA SAMGATE BODHI SO HA. 

Foi, foi, foi bem além para o estado desperto. O caminho que tomamos para a iluminação inclui seis artes da perfeição. Esse mantra nos ajuda a sermos generosos, pacientes, conscientes, diligentes, focados e sábios.

6. TARA BRANCA (VIDA LONGA)

OM TARE TU TARE TURE MAMA  AH YUH PUNE JANA PUTIM KURU SO HA.

A liberação do sofrimento (em sânscrito, moksha) brilha em mim para criar uma abundância de mérito e sabedoria para uma longa vida e felicidade. Uma vida longa e boa saúde para si e outros são buscados pela recitação deste mantra, atributos que dão sentido a vida e a jornada espiritual.  

7. SABEDORIA

OM AH RA PA TSA NA DHI DHI DHI..... 

Em meio ao caos, tudo é puro em sua essência por natureza. O pináculo do sucesso espiritual é atingir a iluminação. Isso depende do nosso reconhecimento de nosso próprio potencial. Esse mantra confirma que cada um de nós tem a capacidade de substituir a ignorância por sabedoria.

 

8. CURA

TEYATA OM BEKANZE BEKANZE MAHA BEKANZE RADZA SAMUT E GATE SOHA.   

Eu invoco a energia búdica de cura dentro de mim alçando voo para as alturas supremas para remover a dor da doença e da ignorância espiritual. O propósito prático da espiritualidade é oferecer aos outros ajuda para sanarem seus diversos problemas na vida. A doença representa um grande problema. Recitar este mantra pode contribuir para o processo de cura em vários níveis, ampliando a eficiência de tratamentos médicos e remédios.

9. PROSPERIDADE

OM ZAMBALA ZA LEN RAYE SO HA. 

Eu presto homenagem ao deus da fortuna. Sem conforto material, humanos se deparam com dificuldades para encontrar felicidade. Esse mantra pede pela criação da energia da riqueza. Pode auxiliar no desabrochar de sucesso profissional.

10. Dedicação de Méritos

Desejando a outros que aproveitem os benefícios do trabalho em sua própria prática espiritual,
encerra conforme a tradição do budismo tibetano. 

Mantra de Chenrezig

ओं मणिपद्मे हूं

Om Mani Peme Hung

Om Mani Padme Hum (Sanscrito) ou Om Mani Peme Hung (Tibetano) é o mais antigo e popular mantra do budismo dos himalaias.

o mantra é associado com avalokiteshvara, o bodhisattva da infinita compaixão, e quer dizer "joia em lótus".

A primeira sílaba, om, não é uma palavra, mas uma evocação de poder espiritual e a presença do absoluto.

para os budistas himalaicos, a jóia na lotus representa bodhichita. em sâncrito, bodhi quer dizer "desperto","e chitta quer dizer coração/mente. bodhichitta significa "mente do supremo despertar", um desejo compassivo de liberação de todos os seres, não apenas iluminação para si mesmo.  Os méritos do mantra OM MANI PEME HUNG beneficiam não somente a você, mas a todos os seres sencientes.

Mantra do Buda da Medicina

Tayata Om Bekanze
Bekanze Maha BeKanze
Radza Samudgate Soha

diz-se que os Mantras carregam a essência da iluminação no próprio som das sílabas. é uma energia de simplesmente experimentar o som que está sendo gerado.

Que os vários seres sencientes

que estão doentes,

rapidamente sejam libertos da doença,

e que toda a doença dos seres

jamais surja outra vez.

Mantra do Buda Amitabha

 

Capo II

Am    G

OM NAMOH AMITABHAYA

C
BUDDHAYAM

Em
DHAMAYAM

Am
SANGHAYAM (BIS)


Am

OM NAMOH

G
OM NAMOH

F     E
OM NAMOH AMITABHAYA (BIS)


Amitabha, em sâncrito, quer dizer luz e vida imensuráveis. diz-se que reside na terra pura em meditação pacífica. Nele, todos os seres desfrutam de irrestrita felicidade. 

Mantra Curto do Sutra do Coração

ག༌ཏེ༌ག༌ཏེ༌པཱ༌ར༌ག༌ཏེ༌པཱ༌ར༌སཾ༌ག༌ཏེ༌བོ༌དྷི༌སྭཱ༌ཧཱ།

Tayata Om

Gate Gate Paragate Parasamgate Bodhi Svaha

Foi, foi (Gate Gate), Foi além (Paragate), Foi completamente para a outra margem (Parasamgate), Chegou à iluminação, que maravilha (Boddhi), Que assim seja, que se manifeste (Swaha). Ao ser entoado,

este mantra protege a mente de todos os medos. Com isso, ele nos ajuda a atingir o equilíbrio necessário para a transição de uma existência mundana e terrena para o estado que os budistas chamam de iluminação. Ou seja, este mantra nos estimula a ir além, ajudando-nos a atingir o nosso melhor e a nossa luz.

Mantra da Tara Verde

 

G Em

Om Tare Tuttare Ture Soha (x3)
D Em

Om Tare Tuttare Ture

'Om são as imensuráveis qualidades dos corpo, da fala e da mente de seres iluminados.
Tare é aquela que liberta.
Tuttare elimina todos os medos.
Ture concede todo o sucesso.
Svaha por si mesmo significa: “Possam as bênçãos de Tara que estão contidas no mantra om tare tuttare ture se enraizarem nos nossos corações.

Conhecido como Tara Verde, quando praticado esse mantra ajuda a superar o medo e a ansiedade. Tara verde é a energia feminina da intuição e criação. Quando desenvolvemos essa energia dentro de nós podemos ter mais vitalidade e disposição para conseguir realizar projetos de vida. A Tara elimina os obstáculos mentais criados pelo medo, assim, sua energia nos ajuda a coloca as ideias em prática.

Mantra de Padmasambhava

Capo II

Em

OM AH HUM VAJRA GURU

Asus2 Em

PADME SIDDHI HUNG


OM AH HUM – As três sílabas representam as bendições transformadoras do corpo, palavra e mente de todos os budas.

VAJRA – Diamante, a sabedoria imutável e indestrutível dos budas.

GURU – De muitas qualidades. Representa a Avalokiteshvara, o buda da compaixão, e Padmasambhava.

PADME – Lótus. Padmasambhava é “nascido do lótus”.

SIDDHI – Autêntico logro, bençãos.

HUM – Representa a mente de sabedoria dos budas, catalizador sagrado do mantra. É como proclamar seu poder e sua verdade, "assim será"!
 

Início

Fundação Alimento dos Deuses

Estúdio de Produção Musical

CNPJ 32.616.693/0001-38

Uberlândia e Uberaba/MG

2016-2020©