Johann Sebastian Bach:

Estudo de Repertório

Curso Online

Gratuito

Violão, Violino, Violoncelo e Teclas

Concertos, Solos e Arranjos

🎓🖥️🎼 J. S. Bach: Estudo de Repertório 🎸🎻🎹

 

Esse projeto propõe a realização de um curso na área de música erudita, com a gravação de 46 aulas explorando em fundamento e na prática o estudo de repertório em vários instrumentos uma seleção de peças célebres de um dos maiores compositores de todos os tempos, o alemão J.S. Bach.

Uma equipe de oito professores abordará conteúdo teórico sobre transcrições e arranjos, análises harmônicas, condução do baixo contínuo e aspecto técnicos aplicado à interpretação nas teclas, violão, violino e violoncelo.

Visamos para participação no curso os alunos técnicos dos Conservatórios Estaduais e estudantes de cursos superiores de música dos quais os professores possuem vínculos.

Trata-se de uma proposta idealizada pelo Prof. Me. Christhian Beschizza do Conservatório Estadual de Uberaba, diretor do Ensemble Alimento dos Deuses, convidando seis músicos integrantes do grupo e um pianista.

Público Alvo:

Estudantes de música de nível intermediário-avançado, técnicos dos conservatórios estaduais de música e ingressantes de cursos superiores em música. Focamos alunos com interesse em música barroca, intérpretes de instrumentos diversos, mas com enfoque técnico nas áreas de cordas dedilhadas, cordas friccionadas e teclas.

Acessibilidade ao Público:

​Visamos executar o projeto integralmente online e em tempo real, aproveitando o melhor do conteúdo gravado e editado com a interatividade das plataformas de interação online.

O curso contará com a transmissão de 46 aulas gravadas e editadas, com duração de 60 minutos de gravação, transmitida com participação em tempo real dos alunos por 30 a 40 minutos após cada aula,

totalizando 72 horas certificadas pela organização do curso.

Os alunos inscritos terão a oportunidade de comentar e tirar dúvidas com os professores responsáveis por cada aula e o diretor do seminário após cada transmissão na plataforma Zoom.

Produto Cultural:

As aulas serão gravadas em estúdio, com uma câmera fixa (Blackmagic Cinema 2.5k), câmera auxiliar móvel (Nikon), gravadores de áudio (Tascam DR 40 e DR 60) e microfones condensadores profissionais (AKG 214).

O material será produzido com alto nível de elaboração técnica, editorado com partituras e exemplos musicais interpretados pelos próprios professores, conforme os exemplos de estudo de repertório no canal da produtora.

Os vídeos resultantes serão entregues em 1080p e 48000kHz em formato cinematográfico (.MXF) no site da produtora e comprimido (.MP4) no YouTube.

Democratização do Acesso:

A inscrição para o curso será realizada através de formulário do Google, demandando que o aluno participante envie um vídeo demonstrando proficiência mínima em um dos instrumentos dos professores, a ser avaliado por banca composta pela organização do curso.

Estimativa de alunos: entre 20 e 40.

A distribuição será realizada através das aulas realizadas na plataforma Zoom, entregue para os alunos através de link enviado pelo responsável pela interação com os alunos, Mikael Marcos.

As aulas gravadas serão liberadas gratuitamente e semanalmente para o público geral na plataforma YouTube e ficarão listadas no site da produtora.

Plano de Distribuição:

no canal Alimento dos Deuses do YouTube

www.youtube.com/alimentodosdeuses

e na página própria do seminário no site da produtora www.alimentodosdeuses.com/cursobach

Plano de Divulgação:

A divulgação será realizada em parceria institucional com cursos superiores de música e conservatórios estaduais, com a assessoria e gestão de comunicação de Lídia Tostes, da empresa Guia Livre Ser.

Exemplo de Aula 

http://www.youtube.com/watch?v=qn_YFrSivBg

Detalhamento das Atividades

Professores

Os professores que ministrarão as aulas são o violonista e diretor Me. Christhian Beschizza, o cravista Dr. Carlo Arruda, quatro violinistas da Orquestra Municipal de Uberaba, Everton Gustavo Dias, Liliane DiasJonas Sousa e Bryan Marvean, além do violoncelista Raphael Gonçalves, da Orquestra Sinfônica do Paraná, e o pianista correpetidor Ernane Machado da Universidade Federal de Uberlândia.

Os seis músicos selecionados compõe o conjunto de câmara Ensemble Alimento dos Deuses. Nosso recital Bach no Museu da Capela servirá como base para ensinar os alunos sobre sete célebres peças de J.S. Bach, que serão trabalhadas em teoria e prática durante o curso, com cada um dos professores abordando as peças em seu respectivo instrumento para orientações em prática de conjunto.

Além disso, estudaremos peças do repertório solo de cada instrumento e concertos para violino e cravo, que são requisitados em concursos e provas de orquestra, que o grupo de câmara trabalhará em futuras produções.

Estudo de Repertório - Conjunto

1. BWV 996 Bourré

2. BWV 208 Schafe Können sicher weiden

3. BWV 645 Wachet auf, ruft uns die Stimme

4. BWV 156 Sinfonia "Arioso"

5. BWV 1007 Prelúdio

6. BWV 147 "Jesus Alegria dos Homens"

7. BWV 639 Ich ruf zu dir, Herr Jesu Christ

 

Estudo de Repertório - Solo

1. BWV 1052 Concerto em Ré menor (Cravo)

2. 3 movimentos da Partita II para Teclas (Piano)

3. Suíte III BWV 1009 (Violoncelo)

4. 3 movimentos da Partita II BWV 1004 (Violino)

5. 3 movimentos da Partita III BWV 1006 (Violino)

6. Concerto em Lá BWV 1041 (Violino)

7. Concerto em Mi BWV 1042 (Violino)

Equipe

🎓Professores:

Violão: 🎸 Me. Christhian Beschizza Violoncelo: 🎻 Raphael Gonçalves

Cravo: 🎹 Dr. Carlo Arruda Piano: 🎹 Ernane Machado

Violinos: 🎻 Gustavo Dias / 🎻 Liliane Dias / 🎻 Jonas Sousa / 🎻 Bryan Marvean

🖥️ Direção, Áudio e Vídeo: Christhian Beschizza

🎨 Vinheta: Lucas Mendonça

🎞️ Assistente de Produção: Carolina Vaz

🗣 Assistente de Comunicação: Lídia Tostes

📝 Interface com os Alunos: Mikael Marcos

📲 Apoio Institucional:

Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi (Uberaba)

Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli (Uberlândia)

Conservatório Estadual de Música Dr. José Zóccoli de Andrade (Ituitaba)

Conservatório Estadual de Música e Artes Raul Belém (Araguari)

Curso de Música da Universidade Federal de Uberlândia

Curso de Música da Universidade Federal de Goiás

Orquestra Sinfônica do Paraná

🎼 Produção: Fundação Alimento dos Deuses

🔮 www.alimentodosdeuses.com/cursobach 🔮

 

Ementa das Aulas

Estruturação do material da aula:

Apresentadora, Vinheta, Interpretação musical com partitura, Explicações do Professor, Estudo da música com partitura

Ciclo Teórico: O Compositor e sua Obra - 10 aulas

1. Introdução ao Curso

Christhian Beschizza explica a estrutura das aulas do curso, apresenta os professores que ministrarão as aulas, a plataforma de apoio onde encontrarão as partituras de todo material do seminário e demais observações pertinentes à transmissão das aulas e participação dos alunos.

2. Os Concertos para Violino BWV 1041–1043

Jonas Sousa aborda os dois concertos solo para violino e o concerto para dois violinos, apresentando e comentando cada um dos movimentos de seus três concertos para violino e orquestra.

3. Obra para Alaúde BWV 995-1000

Christhian Beschizza aborda as 3 suítes consideradas para alaúde, o Prelúdio 999 e a Fuga BWV 1000, apresentando e comentando cada uma das peças que compõe essa obra de aproximadamente 2 horas de duração.

4. Os Seis Solo para Violino BWV 1001-1006

Gustavo Dias, Liliane Dias e Bryan Marvean abordam o ciclo de sonatas e partitas para violino solo, apresentando e comentando cada uma das seis obras que compõe essa obra de aproximadamente 2 horas de duração.

5. As 6 Suítes para Violoncelo 1007-1012

Raphael Gonçalves aborda o ciclo de seis suítes para violoncelo, apresentando e comentando cada uma das seis obras que compõe essa obra de aproximadamente 2 horas de duração.

6. Danças, Contraponto e Improvisação em J.S. Bach

Carlo Arruda fala sobre as danças encontradas na obra do compositor, abordando suas características estilísticas, questões contrapontísticas e oportunidades para improvisação na interpretação das peças para teclas.

7. Transcrições de Repertório para o Piano

Ernane Machado comenta a respeito das transcrições de cravo e órgão para o piano moderno, questões técnicas envolvidas no processo de reelaboração e oferece um panorama das peças que são mais visitadas no instrumento em concursos e provas.

8. 9 Princípios de transcrição em J.S. Bach

Christhian Beschizza apresenta suas pesquisas sobre o processo de transcrição realizado pelo próprio compositor em sua vasta obra. Serão demonstrado nove tipos de reelaboração e como podemos replicar o modelo bachiano em nossas transcrições para instrumentos diversos.

9. Transcrevendo e Arranjando J.S. Bach para violões

Christhian Beschizza apresenta detalhes seu trabalho com revisão crítica de repertório bachiano para violões de extensão ampliada e o processo de elaboração de arranjos para o repertório solo e repertório camerístico do Ensemble Alimento dos Deuses.

10. Introdução ao Baixo Contínuo

Carlo Arruda apresenta a prática do baixo contínuo ou baixo cifrado em uma aula destinada aos estudantes de teclas que queiram acompanhar a música dos séculos XVII e XVIII, com regras de conduções de vozes inspiradas nas harmonias vocais ocidentais características de coral a quatro vozes. Basicamente é composta por um baixo instrumental na região grave e acompanhada ao som do cravo ou alaúde para complementar a harmonia das notas realizadas por esses instrumentos graves. Sua complementação harmônica é feita por cifras numéricas, que indicam, a partir da nota dada, os intervalos musicais que precisam ser feitos para complementar a harmonia. Apesar desta prática possa parecer complicada, o baixo contínuo também preza pela capacidade improvisatória do intérprete. Segundo Francesco Gasparini em seu tratado "Pratico al cimbalo) de 1708, o baixo contínuo é como fazer uma "composição de improviso".

Estudo de Repertório - Solista - 21 Aulas

Cada professor do curso lecionará três aulas sobre solos compostos por Johann Sebastian Bach,

desde peças selecionadas dos ciclos para instrumento solo ou parte solista em concertos

1. Concerto para Cravo: I. Allegro BWV 1052

2. Concerto para Cravo: II. Adagio BWV 1052

3. Concerto para Cravo: III. Allegro BWV 1052

[Carlo Arruda]

4. Concerto para Violino em Lá menor: I. BWV 1041

5. Concerto para Violino em Lá menor: II. BWV 1041

6. Concerto para Violino em Lá menor: III. BWV 1041

[Liliane Dias]

7. Concerto para Violino em Mi Maior: I. BWV 1042

8. Concerto para Violino em Mi Maior: II. BWV 1042

9. Concerto para Violino em Mi Maior: III BWV 1042

[Jonas Sousa]

10. Partita II para Teclas: Sinfonia BWV 826

11. Partita II para Teclas: Rondeaux BWV 826

12. Partita II para Teclas: Capriccio BWV 826

[Ernane Machado]

13. Allemande da Partita II  para Violino BWV 1004

14. Courante Partita II para Violino BWV 1004

15. Sarabande da Partita II para Violino BWV 1004

[Bryan Marvean]

16. Prelúdio da Partita III  para Violino BWV 1006

17. Loure da Partita III para Violino BWV 1006

18. Gavotte da Partita III para Violino BWV 1006

[Gustavo Dias]

19. Prelúdio da Suíte III para Violoncelo BWV 1009

20. Allemande da Suíte III para Violoncelo BWV 1009

21. Sarabande da Suíte III para Violoncelo BWV 1009

[Raphael Gonçalves]

Estudo de Repertório - Música de Câmara - 15 aulas

Trabalhando com as peças apresentadas no Recital Bach no Museu da Capela

BWV 996 Bourré

1. Interpretação a 2 vozes no Violão de 6 e 7 cordas [Christhian Beschizza]

2. Contínuo, Interpretação no Violino e Violoncelo

[Carlo Arruda, Gustavo Dias e Raphael Gonçalves]

BWV 208 Schafe Können sicher weiden

3. Análise Harmônica e Contínuo [Carlo Arruda e Christhian Beschizza]

4. Interpretação no Violino e Violoncelo [Gustavo Dias e Raphael Gonçalves]

BWV 645 Wachet auf, ruft uns die Stimme

5. Interpretação a 3 vozes no Violão de 7 cordas [Christhian Beschizza]

6. Contínuo, Interpretação no Violino e Violoncelo

[Carlo Arruda, Gustavo Dias e Raphael Gonçalves]

BWV 156 / BWV 1056 Arioso

7. Análise Harmônica e Solo do Concerto (Original em Fá) [Carlo Arruda]

8. Interpretação no Violoncelo e acompanhamento no violão (Arranjo em Lá) [Raphael Gonçalves e Christhian Beschizza]

BWV 1007 Prelúdio da Suíte I para Cello

9. Análise Estrutural, Arranjo e Interpretação no Violão 6 e 7 Cordas

(Arranjo em Ré) [Christhian Beschizza]

10. Interpretação solo no Violoncelo (Original em Sol) [Raphael Gonçalves]

BWV 147 Jesus Alegria dos Homens

11. Interpretação a 3 vozes no Violão de 7 cordas [Christhian Beschizza]

12. Contínuo, Interpretação no Violino e Violoncelo

[Carlo Arruda, Gustavo Dias e Raphael Gonçalves]

BWV 639 Ich ruf zu dir, Herr Jesu Christ

13. Interpretação a 3 vozes no Violão de 7 cordas [Christhian Beschizza]

14.Interpretação no Violino e Violoncelo [Gustavo Dias e Raphael Gonçalves]

15. Análise Harmônica e Contínuo [Carlo Arruda]

Concertos para Violino

 

Concerto em Lá menor BWV 1041

Concerto em Mi Maior BWV 1042

Concerto Duplo BWV 1043

Seis Solo para Violino

 

Sonata I BWV 1001

Partita I BWV 1002

Sonata II BWV 1003

Partita II BWV 1004

Sonata III BWV 1005

Partita III BWV 1006

Seis Suítes para Violoncelo

 

Suíte I BWV 1007

Suíte II BWV 1008

Suíte III BWV 1009

Suíte IV BWV 1010

Suíte V BWV 1011

Suíte VI BWV 1012

Obra para Alaúde

 

Suíte BWV 995

(Transcrição para alaúde da BWV 1011)

Suíte BWV 996

Suíte BWV 997

Suíte BWV 998

Prelúdio BWV 999

 

Fuga BWV 1000

(Transcrição para alaúde da BWV 1001)

Concertos para Cravo

 

Concerto em Ré menor BWV 1052

Concerto em Fá menor BWV 1056

Professores

_DSC0091.JPG

Christhian Beschizza

@alimento_dos_deuses

 Mestre em Musicologia e Bacharel em Música (Violão) pela UFU, e Licenciado pelo Claretiano. Especializou-se em Música Antiga, Revisão Crítica de Repertório, Produção Musical e Edição Audiovisual.

Trabalha como docente no Conservatório Estadual de Uberaba, onde coordena a Camerata Dedilhada de Uberaba, ensina os fundamentos do violão e viola, e estudo de repertório através de videoaulas no YouTubePublica Revisões Críticas de Repertório.

 

Trabalha com projetos culturais como Diretor do estúdio Alimento dos Deuses, com elaboração e gestão de projetos; gravação e tratamento de áudio; filmagem e edição de vídeo; composição e arranjo.

_DSC0050.JPG

Carlo Arruda

@harpsichordman

Mestre pela UFRJ e Doutor pela UNICAMP. Desde 2013 seus trabalhos acadêmicos foram publicados na Europa por intermédio da Sociedade Portuguesa de Investigação em Música, sempre representando a música brasileira para cravo em suas comunicações.

Como docente, trabalha como professor de teclas no Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi e da Escola de Arte e Cultura de Uberaba.

Carlo Arruda tocou em vários Masterclasses com orientação de professores importantes das principais instituições do mundo.

Raphael Gonçalves

@raphael.cello

Bacharelando em violoncelo pela UFG e violoncelista da Orquestra Sinfônica do Paraná. Raphael toca em um precioso e raro violoncelo inglês da luteria Joseph Hill, de 1749.

Como performer, atuou como chefe de naipe da Orquestra Sinfônica de Goiânia e Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás, onde participou de Turnês pela Europa e Ásia.

Também participou, como músico convidado da respeitada Orquestra Filarmônica de Goiás. Já atuou como solista convidado de ambas orquestras do estado de Goiás.

_DSC0087.JPG

Gustavo Dias

@violingustav

Bacharelando em violino na UFU,

violinista concursado da Orquestra Municipal de Uberaba.
Gustavo atua como docente dos Conservatórios Estaduais de Uberaba e Uberlândia e na secretaria social da prefeitura de Uberlândia, bem como em projetos musicais diversos.


Em sua trajetória artística, Gustavo apresentou-se com diversas orquestras da região e também no estado de São Paulo. Seus trabalhos com violino são requisitados por vários grupos musicais regionais, gravando videoclipes, produções musicais e participando de diversos shows e eventos.

Jonas Sousa

@jonas.violin

Bacharel em violino pela Universidade Federal de Uberlândia, onde teve orientação do professor Dr. Mabio Duarte. Iniciou seus estudos no Conservatório de Uberaba.

Na área da performance musical, participa de vários projetos de música de câmara pela Universidade Federal de Uberlândia, atuando em trios e quartetos de cordas. Desde 2016 é o Spalla da Orquestra Municipal de Uberaba.

 

Como docente, Jonas leciona violino institucionalmente nos Conservatórios Estaduais de Uberaba e Uberlândia.

Bryan Marvean

@bryanmarvean

Bacharel em Violino pela Universidade Federal de Uberlândia sob orientação do Professor Dr. Mabio Duarte. Durante sua trajetória participou de diversos festivais, como: Nathan Schwartzman, Festival de Maio, Gramado In Concert, entre outros. Foi um dos selecionados para participar da série de concertos do Jovem Músico BDMG em Belo Horizonte.

Como performer participou de diversos grupos de câmara, quintetos, quartetos, trio, duos. Participou dos espetáculos “uma ópera aos 40”, “La Ferreti”, na série de concertos “Incantus”. Atua desde 2016 como chefe de naipe da Orquestra Municipal de Uberaba, onde também participou como solista.

Como docente atua como professor de violino na rede particular nas escolas Prelúdio Curso de Formação Musical e Arte e Música Espaço Cultural. Na rede estadual, nos Conservatórios de Ituitaba e Uberlândia, onde também desempenha a função de coordenador da área de cordas friccionadas.

WhatsApp Image 2021-06-24 at 08.43.05.jp

Liliane Dias

@lilianemdviolino

Licenciada e Bacharel em violino pela Universidade Federal de Uberlândia, sob a orientação do professor Dr. Mabio Duarte e formada no Curso Técnico pelo Conservatório Estadual de Uberlândia, sob a orientação de Klemes César. Iniciou seus estudos em 2005, no projeto social Orquestra Jovem de Uberlândia. 

Atuou como professora de violino na Orquestra Jovem de Uberlândia; na Orquestra Experimental de Uberlândia; no Conservatório Estadual de Música CPC; na Escola de Cultura e Arte de Uberaba e na Orquestra Filarmônica de Patos de Minas. Tocou na Orquestra Camargo Guarnieri, Orquestra Municipal de Uberaba, Orquestra Filarmônica de Patos de Minas (como spalla), Orquestra Experimental Uberlândia (como chefe de naipe) e atualmente na Orquestra Filarmônica Jovem Boa Vontade (como concertino) em São Paulo. 

Atualmente, estuda com a professora Márcia Fukuda em São Paulo e é inspetora da Orquestra Filarmônica Jovem Boa Vontade.

WhatsApp Image 2021-06-25 at 12.49.56.jp

Ernane Machado

@ernanemachado

Bacharel pela Universidade Federal de Uberlândia, onde estudou sob orientação das pianistas Araceli Chacon e Viviane Taliberti.

É pianista acompanhador no Conservatório Estadual de Uberândia e correpetidor concursado na UFU.

 Como solista foi premiado em vários concursos estaduais e nacionais, e também como camerista no II Concurso Nacional de Piano "Luiz Tomazschek", na categoria de música de câmara, ao lado do violoncelista Isaac Andrade (2010). Foi o único pianista em Minas Gerais selecionado para o 38º Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão (2007). 

  Participou de vários masterclasses com renomados pianistas internacionais. Atuou como camerista e pianista acompanhador em vários recitais, festivais e encontros de músicos, com artistas como Heinz Karl Schwebel (BA), Javier Nandayapa (MEX), Laura de Souza (SP), Inacio di Nonno (RJ), Marcelo Coutinho (RJ), Udi Cello Ensemble na coordenação de Kayami Satomi e vários outros. Foi pianista correpetidor do tradicional  da 37ª edição do CIVEBRA (2015).

Justificativa

A grande propagação da informação multimídia pela internet tende a ser mal aproveitada pela população geral. A disseminação de canções superficiais, de estética e valores questionáveis, perfaz o imaginário de nossos pupilos – o que nem sempre é supervisionado pela família, que na maioria das vezes não se familiarizou com um repertório diferente do proposto pela indústria cultural midiática. Cabe aos educadores musicais cultos a devida orientação sobre a natureza da música, uma arte presente na história dos seres humanos, abastecendo a cognição dos ouvintes com reflexões sobre as propriedades expressivas da música barroca e favorecendo um contato íntimo com sua história.

A música de J.S. Bach é universalmente aceita como de grande valor composicional, exemplo de equilíbrio de texturas, graciosidade no fraseado, engenhosidade estrutural, e seu raciocínio elevado causa efeito de introspecção e ampliação da capacidade de concentração.

Em uma cultura obcecada pelo consumo de objetos culturais transitórios, principalmente os de baixo nível de elaboração técnica ou riqueza composicional, destituídos de conexão histórica, o valor da performance artística tende a tornar-se apenas um entretenimento distrativo. Aprender música barroca interpretada e ensinada pelos professores do curso pode resignificar a experiência da performance artística e a própria carreira musical dos estudantes.

Embora o compositor seja agraciado com prestígio na formação de alunos de música em países com grande investimento cultural, não encontramos o mesmo respaldo de sua obra nos estudos intermediários nos Conservatórios Estaduais mineiros, sendo também poucos os alunos que se aprofundam nesse repertório durante estudos avançados de graduação universitária. Sendo assim, por iniciativa dos músicos do Ensemble Alimento dos Deuses, pretendemos difundir esse repertório e inspirar os alunos de música em níveis intermediário-avançado a se familiarizarem com a música de J.S. Bach, com instruções técnicas especialmente voltadas para teclas, violão, violino e violoncelo, atualmente os instrumentos mais comuns na interpretação dessa obra.

Objetivos

O objetivo central desse projeto é capacitar músicos de nível intermediário e avançado para a interpretação da obra de Johann Sebastian Bach para instrumentos de tecla, violão, violino e violoncelo.

Além disso, pretendemos difundir gratuitamente aulas substanciais e produzidas com esmero para músicos de todos os instrumentos e níveis de aptidão, buscando uma alternativa a institucionalização cultural da música erudita.

Em um nível ainda mais geral, buscamos a universalização da música antiga e sua história, a oportunidade da apreciação do público geral do repertório de um grande gênio da música barroca.

O material desenvolvido é de valor educativo profundo, desperta consciência histórica, favorece a reflexão estética e, em tempos de isolamento social e poucas conexões interpessoais, pode ser até mesmo terapêutica e transcendental para o aluno, dado potencial introspectivo e espiritual do repertório bachiano.