Teoria Musical I: Leitura e Escrita de Partitura

O objetivo da nossa primeira lição será demonstrar como se identifica (lê) cada nota na pauta musical.

Para isso, é necessário determinar qual o padrão de referência, que é o símbolo inicial à esquerda da pauta, chamada de clave.

Qual a função da clave?

As claves nos permitem identificar as notas indicadas no pentagrama. Duas claves são usadas com maior freqüência, a de Sol e de Fá. Também temos a clave de Dó usada em alguns raros instrumentos.

A clave abordada primeiro será a mais usada, a Clave de Sol, usada para partituras para violão e a maioria dos instrumentos. A particularidade desta clave é a nota Sol 3 na segunda linha (de baixo para cima).

Quando não há mais espaço para avançar, adicionamos linhas manualmente para cima ou para baixo, e essas são chamadas LINHAS SUPLEMENTARES e podem ser adicionadas conforme o registro do instrumento de destino. No Violão, a clave de sol aparece com um (8) abaixo indicando que as notas escritas soam oitava abaixo, e isso faz dele um instrumento transpositor de oitava. Por exemplo, a terceira corda solta, um Sol 3 escrito na partitura com clave de sol oitava abaixo, soa Sol 2 quando tocado no violão.

CLAVE DE FÁ

A Clave de Fá é usada para a leitura de instrumentos de registro mais grave ou na mão esquerda do piano. A particularidade que facilita a localização nesta clave é a nota Fá 2 na quarta linha (de baixo para cima). Para encontrar as notas, também é possível (para o aprendizado, a princípio) ler como se fosse uma Clave de Sol com uma linha suplementar acima e sem uma embaixo.

Observação quanto às hastes, que são as linhas anexadas à nota que demonstram o valor de duração.

Quando escrevendo em apenas uma voz, as hastes das notas devem estar voltadas para cima quando abaixo da terceira linha e voltadas para baixo quando a ultrapassarem. As notas localizadas exatamente na terceira linha não obedecem a essa regra, podendo estar tanto voltadas para baixo quanto para cima.

 

Em escrita à duas vozes, as hastes da voz superior estarão voltadas para cima e a inferior para baixo, independente de onde se encontram nas linhas da pauta.

Aprender a ler e escrever é uma tarefa necessária para a cultura de todos os aspirantes à musica, de instrumentistas à compositores.

É natural que esse processo seja complicado no início, mas quanto mais essa nova linguagem for processada, melhor será internalizada, por isso estude as partituras com regularidade e sempre que puder!

Christhian Beschizza

compositor, violonista, produtor, editor, autor e psiconauta

(34)99872-6957

Currículo

Fundação Alimento dos Deuses

Educação e Produção Musical

CNPJ 32.616.693/0001-38

Uberaba/MG

2016-2020©